WEBi Desde 1998

Blog

O poder de conversão do marketing personalizado

mkt-personalizado

O conceito de marketing personalizado não é novo. Seu embrião vem do final dos anos 1970, quando da cabeça do norte-americano Lester Wunderman surgiram alguns dos principais conceitos utilizados até hoje e levados adiante pelo marketing digital.

Se as ideias rendiam ótimos resultados já naquela época, com o aprimoramento das tecnologias e a formação de um coletivo digital as formas de praticar e os benefícios do ‘marketing um para um’ ganharam novos contornos.

A partir de duas perguntas básicas vamos esclarecer alguns pontos e indicar boas razões para apostar na segmentação como receita de sucesso para uma maior taxa de conversão.

Como iniciar a personalização?

Antes de mais nada, ter em mente quais são os perfis de cliente que seu negócio atende. Traçar suas singularidades, preferências e inclinações é o primeiro passo para ‘fisgar’ seu público-alvo com ações que pareçam ter sido elaboradas individualmente.

Faça campanhas específicas para cada perfil, monitore o percurso de cada lead e reúna indivíduos em grupos segmentados por preferências. Com uma base segmentada você pode enviar material do tipo ‘A’ apenas para pessoas interessadas no tipo ‘A’, economizando esforços e otimizando resultados.

Atente-se. Fazer o uso de ferramentas de marketing digital que permitam acompanhar o lead em sua jornada de compra, observando quais páginas do seu site ele mais acessou, que tipo de conteúdo mais interessa a esse lead, é algo realmente importante. Evita abordagens genéricas desnecessárias e permite ir direto ao ponto na missão de converter leads em oportunidades, e oportunidades em vendas.

Por que personalizar?

Muitas das respostas possíveis para esta pergunta já foram apontadas na questão anterior. Mas vale debater mais a respeito. Um dos princípios do tão falado Inbound Marketing, o marketing personalizado é específico, pontual e certeiro.

Diferente de muitas mídias convencionais, neste modelo proposto cada grupo é atingido naquilo que, de fato, interessa. Se eu tenho uma loja virtual que vende eletrodomésticos e percebo que um determinado lead anda pesquisando sobre TV de LED, não há motivo para nutrir esse potencial cliente com material sobre geladeira, por exemplo.

Apresentando promoções específicas no setor de TVs, campanhas promocionais para esse tipo de produto, novidades e lançamentos, as chances de conquistar esse comprador são muito maiores.

Você deve estar pensando agora: é um planejamento que dá trabalho! De fato, mas com o plano adequado, elaborado e implementado o retorno sobre investimento tende a ser imensamente maior que os obtidos pelas estratégias mais convencionais.

Aprofunde um pouco mais o assunto acessando nosso post Conheça o Inbound Marketing: uma nova abordagem para um novo consumidor. Fique por dentro do mundo do marketing digital e siga acompanhando as tendências no blog da Agência WEBI!

comentários
Voltar para o blog
Posts recentes