WEBi Desde 1998

6 dicas para criar landing pages que convertem

Se você já utiliza estratégias de marketing digital ou se está pensando em adotar essa prática para seu negócio, saiba que a geração de leads é um fator essencial para que você consiga obter resultados satisfatórios e aumentar a lucratividade de sua empresa. E, para gerar leads, nada melhor do que criar landing pages matadoras, que irão transformar simples visitantes em possíveis clientes com chances reais de compra! Continue a leitura e descubra o que são landing pages, qual a importância delas para seu negócio e como criar landing pages que realmente convertem.

O que são landing pages e qual sua importância?

Landing pages nada mais são do que “páginas de aterrissagem”, que possuem o intuito de colher informações sobre os visitantes e, assim, fazer com que eles se tornem seus leads. As informações são colhidas através de formulários, onde o usuário preenche alguns dados como nome, e-mail,  profissão, etc. Em troca, o usuário recebe um ebook, infográfico ou algum outro tipo de material que seja relevante para ele naquele momento.

O objetivo de criar landing pages é um só: a conversão. E engana-se quem acha que criar um site atrativo, com conteúdo relevante e todas as informações disponíveis sobre o produto ou serviço oferecido irá gerar mais conversão e, consequentemente, mais vendas. Nesse sentido, as landing pages são muito mais eficientes, chegando a ter uma taxa de conversão 5 a 10 vezes superior às de um site ou outro tipo de página!

As landing pages não geram vendas ou algum tipo de resultado imediato, mas são fundamentais para trabalhar os estágios do funil de venda e preparar o lead para que ele se torne cliente e feche um negócio com você, posteriormente.

Como criar landing pages de sucesso?

Essas páginas devem ser simples e objetivas, pois como o único objetivo é a conversão, utilizar links, menus e qualquer outro tipo de elemento que ofereça uma nova ação na página pode distrair o usuário e fazer com que ele deixe de fornecer as informações desejadas, reduzindo sua taxa de conversão.

Confira as dicas que preparamos para não errar na hora de criar landing pages.

 

1 Pense em títulos e subtítulos sedutores

A primeira coisa que lemos quando acessamos uma landing page ou qualquer outro tipo de página é o título e, em alguns casos, o subtítulo, quando este está presente. Eles são elementos essenciais de qualquer landing page e, como é o primeiro contato do visitante com aquela página, deve ser muito bem elaborado para que ele tenha interesse em continuar lendo aquele conteúdo.

Para se ter uma noção da importância do título e subtítulo, uma pesquisa divulgada pelo Copyblogger revelou que 8 em cada 10 pessoas abandonam uma página após ler o cabeçalho. Por isso, na hora de criar landing pages é essencial utilizar títulos e subtítulos atrativos e, ao mesmo tempo, claros, objetivos e que resumam de maneira sucinta o conteúdo oferecido naquela página.

 

2 Faça a descrição da oferta

Para conseguir que o usuário baixe o material que você está oferecendo é preciso mais do que apenas um título e subtítulo atrativo. Claro que esses elementos são essenciais, mas sozinhos não são capazes de operar milagres. Por isso, descrever o que o usuário irá encontrar no conteúdo oferecido na landing page é fundamental para que você obtenha sucesso.

Para criar landing pages que realmente convertem é preciso dar atenção especial à descrição da oferta. Afinal, é uma peça-chave que poderá definir se o usuário irá baixar ou não o material ofertado. Nessa etapa, vale utilizar bullet points; destacar os pontos mais importantes do material, através de sentenças curtas e citar os benefícios que o usuário terá ao adquirir o material, por exemplo. Só tome cuidado com o excesso de informações e adjetivos muito exagerados, pois isso pode afastar os usuários e fazer com que eles desistam de adquirir a oferta.

 

3 Crie um design atrativo

Já sabemos que um conteúdo visual de qualidade desempenha um papel fundamental na hora de despertar a atenção dos usuários, seja nas redes sociais, blogs, e-mail marketing, etc. Com as landing pages não é diferente. Um design atrativo faz toda a diferença na hora da conversão e ajuda a convencer o usuário de que vale a pena baixar o material ofertado.

Por isso, na hora de criar landing pages, valorize o design da página. A dica é sempre utilizar uma imagem que dialogue diretamente com a oferta e utilizar um layout simples e claro, para que não confunda a cabeça do usuário com tanta informação.

 

4 Peça somente os dados necessários

Uma landing page não é nada sem um formulário de cadastro. Afinal, é por meio dele que você irá coletar as informações do usuário para que ele possa se tornar um lead. E, assim como os itens citados anteriormente, elaborar um formulário eficiente e estratégico também faz toda a diferença na decisão do usuário.

O formulário deve pedir apenas informações essenciais para que você consiga entrar em contato com o lead e seguir com as próximas etapas da venda. Nome, e-mail e telefone já são suficientes na hora de criar landing pages que realmente convertem. Mas, você pode solicitar mais duas ou três informações que julgar relevante. Só não exagere na quantidade de dados, pois isso pode intimidar o usuário e fazer com que ele desista de preencher o formulário.

 

5 Elabore um CTA convidativo

O CTA, ou Call to Action, é uma estratégia muito utilizada no marketing digital para convencer o usuário a realizar uma ação. Nas landing pages, o uso de CTA é praticamente obrigatório, pois é ele que irá finalizar toda a ação realizada pelo usuário e mostrar que seu trabalho valeu a pena.

Para criar landing pages que convertem, o CTA deve estar localizado em uma posição estratégica (geralmente abaixo do formulário), com uma cor que dialogue com o restante da página e deve conter uma chamada atrativa dentro de um botão clicável. Prefira termos como “Baixe agora”, “Baixe gratuitamente” e evite CTA’s ultrapassados como “Clique aqui”.    

 

6 Realize testes A/B

Por mais que você siga as dicas acima, você só saberá se as estratégias estão dando certo se testar a efetividade dos diferentes recursos utilizados em cada landing page. Por isso, não hesite em criar landing pages diferentes para o mesmo material para avaliar qual terá maior retorno.

Todos os elementos da landing page precisam ser testados separadamente. Desde o título até o CTA, tudo precisa ser analisado. Sabendo qual possui maior efetividade, fica muito mais fácil criar landing pages que realmente convertem.

 

Criar landing pages é uma estratégia indispensável para aumentar os leads de sua empresa. Se você quer aumentar suas taxas de conversão, aumentar o número de leads e ter mais chance de venda, utilizar landing pages é estratégia certa para melhorar os resultados de sua empresa.

Para alcançar os melhores resultados, contar com uma agência especializada na hora de criar landing pages faz toda a diferença. A WEBi é uma agência de marketing digital que trabalha com diversos módulos, inclusive com criação de landing pages. Entre em contato conosco e veja seus resultados decolarem! #vemprawebi

E aí, gostou das nossas dicas? Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais. E não deixe de nos acompanhar pelo Facebook e Instagram.

Obrigado e até a próxima! 😉