WEBi Desde 1998

Blog

Os webinars são a grande tendência para 2019!

Muitos influenciadores das redes sociais, sobretudo, do Linkedin, vêm percebendo notório destaque quando o assunto é formar verdadeiras legiões de seguidores. Os “caras” cada vez mais – se utilizando de um discurso muito próprio e envolvente, além do carisma, empatia, “gentileza” [é a bola da vez na rede] e, é óbvio, muita técnica, fazem a cabeça de quem os segue; muitas vezes… chamando a atenção da mídia internacional.

De uma forma ou de outra, pois muita coisa nas redes sociais funciona como uma grande espiral (afinal, estamos falando do conceito rede), os profissionais que arrancam “suspiros” e muita reflexão do público são:

 

Rodrigo Garçone (o cara simples que mudou a cara das relações interpessoais), Thiago Reis (inquietude e crescimento são o nome dele), Flavia Gamonar (moça simples que roda o mundo falando sobre LinkedIn), Tais Targa (jeito doce para abordar comportamento e RH), Daniel Scott (o professor descoladaço antenado às dinâmicas do mercado), Laíze Damasceno (gentileza é com ela mesmo… vide marketing de gentileza), Rodrigo Giaffredo (é tanta acidez que o seu computador pode derreter nesse momento #reflexão), etc.

 

A WEBi citou agora, para não ser injusta, alguns dos inúmeros profissionais que são verdadeiros “craques” na arte de gerar conteúdo… e que por meio de técnicas como webinar, disseminam e compartilham informação diariamente.

Precisamos falar: tudo isso só tem se tornado relevante às pessoas porque a forma de consumir conteúdo mudou. A informação – hoje – está “meio que” orientada e customizada para os interesses de quem as consome. Conteúdos diretos, objetivos, responsivos e que atendem a todas as demandas com precisão.

Os sistemas de streaming como YouTube e Netflix são a grande prova de que as formas de comunicar mudaram, assim como pensaremos em novas estratégias para alavancar vendas por meio do inbound marketing e o seu universo infindável de soluções.

 

Afinal, o que esse pessoal tanto faz em um webinar?

Webinars nada mais são que palestras, seminários, workshops… by the way… do inglês: web-based seminar.

Profissionais das mais diversas áreas, autoridades em um ou mais temas específicos, que buscam compartilhar e disseminar conhecimento e ideias, utilizam plataformas de webinar para a realização desses objetivos.

Geralmente, os webinars abordam um tema escolhido pelo especialista – com o auxílio de um moderador – em formato e duração pré-definidos, contemplando a participação de um número limitado de pessoas.

Diferentemente de videoaulas gravadas, os webinars acontecem ao vivo – justamente – para criar um senso de urgência no target e captar inscrições até uma data previamente determinada.

 

Blá blá blá, e daí?

As coisas não acontecem assim “do nada”, “por acaso”… Sempre teremos um background por trás de qualquer ação de marketing ou, no caso, do inbound marketing.

 

O porquê do webinar?

O grande objetivo por trás “das cortinas” do webinar [pode rir (rs)] é coletar um grande número de cadastros, dos interessados – é claro – no seu produto ou serviço. Ninguém aqui quer vender “gato por lebre”, pelo contrário. Queremos, por meio de plataforma aderente e conteúdo de qualidade, atrair o máximo número de leads para o preenchimento de formulários estrategicamente montados.

Uma coisa é bem curiosa… nem sempre o conteúdo mais elaborado, relevante e exclusivo – ministrado pelo Papa do assunto – é o mais caro. É bem possível que seja, mas não é fato consumado. Aqui, o objetivo é outro. Muitas vezes, o propósito do webinar, e que ninguém enxerga, é a captação de informações relevantes sobre o público consumidor do que está sendo “vendido”, exposto e compartilhado.

 

É montando grandes bases de dados, como sistemas gerenciais ou CRMs (customer relationship managements), que empresas convertem leads em clientes fiéis aos seus produtos e serviços. Não é querer “desmistificar” absolutamente nada, mas é bem possível que todos esses “caras” admirados e que são sucesso nas redes tenham as suas próprias empresas ou, ao menos, vendam seus livros ou cursos online.

 

Webinar x Inbound Marketing

Como tem se tornado hábito, e por sinal… faz todo o sentido, a WEBI vem a cada publicação relacionando conteúdos atuais a anteriores, de modo a entregar – a você, nosso amigo e cliente – o que entendemos por marketing digital, inbound marketing… resultados!

Entendemos que o inbound marketing é estratégia fundamental para qualquer planejamento de marketing digital que vislumbre sucesso, e o seu grande objetivo é atrair público interessado em conteúdos relevantes e atraentes – com toda a estrutura de SEO performando – de modo que – as plataformas (aqui usaremos um termo que evidencia mais aspectos financeiros em um processo de vendas que, propriamente, conceitos de marketing) digitais utilizadas pelas empresas transformem visitas em oportunidades de venda.

 

E agora, qual a relação entre uma coisa e outra? Será que faz sentido? A WEBi tá aqui “pra” te explicar!

Estabelecendo como premissa UM que o inbound marketing cria estratégias para a veiculação de conteúdos [que seguem alguns critérios bem rígidos], onde a captação de leads é de fundamental importância para os objetivos comerciais da empresa, e atua – também – [a não desconsiderar] no processo de gestão de marcas; o webinar, por conceituação primária, é e deve ser parceiro inseparável dos melhores projetos de marketing digital.

 

O bê-á-bá do WEBINAR – que plus essa técnica agrega ao inbound?

1- Às vezes, dar um refresh na marca é muito importante para promover novos ciclos de vida a produtos e serviços. Quando a empresa, inconscientemente, entra em uma espiral de estagnação mercadológica e percebe que seus serviços/produtos não vendem mais, as curvas de vendas despencam e, naturalmente, acontecem dois fenômenos: perdas de receita e capacidade de investimento – e desgaste de imagem.

Os webinars auxiliam às empresas na promoção dessa dinâmica, na atração de novos olhares – do mercado e de consumidores, talvez [até] de um reposicionamento frente aos concorrentes; com novas ideias, propostas e conteúdos.

 

2- Toda vez que elaboramos um webinar – pensamos em técnicas e estratégias de promoção, automatizamos processos para que interessados deixem seus dados e fomentamos expectativa, seja por meio de publicidade orientada ou pelo valor agregado que o seminário online entregará [sempre com a participação de uma autoridade no tema] –  teremos um aumento significativo na base de clientes da empresa.

 

3- O webinar é sempre uma possibilidade de ter um material rico à mão, disponível a todos que – porventura – não tenham conseguido assisti-lo ao vivo ou àqueles que desejam assistir novamente; tornando-se assim, o grande ponto de inflexão para a conversão de leads em vendas efetivas.

Toda vez que o webinar é reutilizado como peça estratégica de uma ação de marketing – só que dessa vez em sua versão gravada – possibilita o aumento das vendas e provoca a disseminação da marca, uma vez que retornará à vitrine das mídias novamente.

 

4-  Os custos totais efetivos com a integração de um webinar em suas ações de inbound marketing são relativamente baixos. As principais despesas são: uma boa máquina (desktop, tablet ou smartphone) com conexão adequada a internet, um microfone de boa resolução para a captação do áudio, espaço apropriado com acústica satisfatória e uma plataforma responsiva para estabelecer a interface: usuário x apresentador.

*Talvez, o grande investimento na oferta de um webinar seja o palestrante convidado ou o mediador do conteúdo. Mas isso dependerá das estratégias adotadas, de publicidade e promoção. Existem várias formas (e objetivos até) de estruturar financeiramente a viabilidade do evento, mas isso dependerá exclusivamente dos termos propostos pelas partes envolvidas.

 

5- Uma coisa é bem legal aqui, a psicologia do consumidor nesse momento fala mais alto. Toda vez que ofertamos um curso – via plataformas quaisquer – que apresente e disponibilize assuntos diversos ou de interesse de um grupo específico, ministrados por profissionais gabaritados e renomados, passamos a outro status de reconhecimento social, viramos autoridades no assunto. E a consequência disso é o fortalecimento de marca.

Note: sempre (falando de maneira simplória) uma coisa está intrinsecamente ligada a outra. Toda vez que trabalhamos um conteúdo que demonstre certa relevância ao público de interesse, provocamos bom engajamento – o que leva à jornada do consumidor desejada, onde, este, perceberá a melhor experiência e… simplesmente comprará. Tudo acontecendo como uma grande ciranda; sempre.

 

Gostei da ideia! Como organizar um webinar e ter sucesso!

Wait, wait… wait! Vamos lá que a WEBi está aqui “pra” te dar essa mãozinha…

 

Steps:

a) Definição e desenvolvimento do conteúdo: afinidade com a marca e apresentações da essência e propósito da empresa;

b) Relevância: assunto ou tema atual que seja relevante para o público. Lembrando que conteúdos muito “batidos”, além de não agregarem nada ao objetivo comercial da empresa, poderão implicar em desgaste de marca;

c) Escolha estratégica do apresentador do conteúdo: é necessário – aqui – que haja sinergia entre empresa x apresentador x conteúdo x público.

 

As 3 melhores plataformas para webinars

A WEBi “vasculhou”, pesquisou e relacionou as 3 melhores ferramentas para webinars disponíveis no mercado, segundo especialistas.

and the Oscar goes to…

1- WebinarJam

2- GoToWebinar

3- Adobe Connect Webinars

 

O grande objetivo desse artigo não foi e, muito menos, teve a pretensão de explorar aspectos e critérios técnicos sobre ferramentas, plataformas e dispositivos para webinar, mas sim, apresentar o seu conceito, profissionais renomados no mercado que utilizam técnicas semelhantes e diferenciais que podem agregar valor em suas estratégias de inbound marketing.

E nós, da WEBi… somos incansáveis… afinal, já viu algum Herói cansado? (rs).

Estaremos sempre aqui… para transformar visitas em oportunidades de venda”.

 

Chega mais e venha bater um papo conosco! Temos diversas soluções em marketing digital que podem tirar a sua empresa de um lugar desconfortável na tabela de classificação e colocá-la entre os melhores players do mercado.

Siga-nos também no Facebook e Instagram. #vemprawebi

comentários
Voltar para o blog
Posts recentes